Inscreve-te e tem vantagens!

Barry(2018)

Há um mês | Curta, Comédia, Ação, |

de Alec Berg, Bill Hader, com Bill Hader, Stephen Root, Sarah Goldberg, Anthony Carrigan e Henry Winkler



Bill Hader. Pelos vistos, eu vivia debaixo da terra, pois, desconhecia completamente o incrível talento deste senhor. Tudo se iluminou na minha mente, quando o vi atuar no papel de Richie no recente IT: Chapter Two (2019). Ele tem uma performance tão incrível, que decidi investigar sobre este artista. Foi então que apareceu Barry, uma série da HBO multi-nomeada e recompensada nos Golden Globes e Emmys Awards. Bill Hader levou 2 Emmys em 2 anos como Melhor Ator numa Série de Comédia.

O que nos conta esta série?

Barry Berkman (Bill Hader) é um ex-veterano traumatizado pela guerra. A sua vida pós-guerra resume-se em ser um Hitman (assassino profissional), aos serviços do seu partner in crime de sempre Fuches (Stephen Root). Uma nova missão o espera em Los Angeles: matar um homem que, por ventura, é aluno de um grupo de teatro lidado pelo espetacular Gene Cousineau (Henry Winkler). As coisas não correm como previsto, quando Barry nutre uma paixão imediata pelo mundo do teatro. Barry já não quer ser um Hitman, mas sim, tornar-se ator. Esta nova escolha poderá trazer consequências na vida dele e de todos os que o rodeiam no teatro.

Vamos ser honestos, o conceito desta série é incrível! Um assassino profissional que quer tornar-se ator?! As séries da HBO são de confiar.

Barry é uma pura bomba de comédia negra. É maravilhosa. Uma mistura perfeita entre Dexter (2006-2013), Breaking Bad (2008-2013), Fargo (2014-), The Disaster Artist (2017) e o cinema de Quentin Tarantino. Torna-se viciante instantaneamente. E o seu curto formato de 8 episódios de 30 min em cada temporada não nos ajuda a desligar deste maravilhoso universo.

Estamos constantemente a seguir a vida paralela de um homem entre as suas atividades criminosas (com cenas violentas) e a magia da indústria de Hollywood (entre audições para papeis em séries e filmes). O ritmo entre a composição das cenas é brilhante.

Depois temos o ponto Bill Hader – que em conjunto com o Alec Berg na criação da série –, escreve, realiza e atua como protagonista. Não só demonstra ser um excelente ator, entregando-nos uma paleta de emoções de grandes dimensões, passando da comédia estúpida, para a negra e ainda dando uns toques no puro drama emocional. Como também nos mostra que é um argumentista de grande qualidade, que sabe como e onde funcionam os cliffhangers e os twists completamente alucinantes. Há um episódio chamado “What?!” e realmente, essa foi a minha última palavra depois de assisti-lo. E como ponto final, também demonstra ser um grande realizador. Todos os episódios realizados por ele são tecnicamente de longe, os melhores.

Barry é uma sucessão de situações improváveis e absurdas que transbordam de suspense e de humor negro. Se tiverem curiosidade de ver como funciona a vida de ator à procura de trabalho, também poderá ser uma boa opção. Aconselho pelo seu conceito, pelo maravilhoso elenco (Stephen RootSarah Goldberg, Anthony Carrigan e Henry Winkler) e pelo Bill Hader. Não percam.


Alexandre Costa
Outros críticos:
Nenhum autor votou nesta crítica.