Inscreve-te e tem vantagens!

American Horror Story: Cult - 7ª Temporada(2017)

Há 2 meses | Drama, Horror, Thriller, |

de Ryan Murphy, com Evan Peters, Sarah Paulson, Billy Eichner e Leslie Grossman


American Horror Story encontrava-se num período controverso, perdeu audiências nas últimas temporadas e os múltiplos enredos destas não conseguiram satisfazer totalmente os fãs. Ryan Murphy (Scream Queens – 2015-2016) necessitava de algo que cativasse os espetadores, por isso tentou criar um conto de terror com base nas eleições americanas de 2016 e no medo sentido por vários cidadãos dos Estados Unidos da América, foi então que nasceu esta season intitulada como Cult.

 

O novo ano entrega-nos mais uma vez novas histórias com novas personagens, interpretadas por velhos rostos familiares e por novas adições ao elenco, como Billy Eichner (The Lion King – 2019), Leslie Grossman (Fuller House – 2016 -) e Billie Lourd (Booksmart – 2019). A ação divide-se em dois segmentos que num determinado momento se acabam por fundir. Um deles apresenta-nos um casal lésbico que começa a ser constantemente assediado e importunado por um grupo de sádicos disfarçados com máscaras de palhaço. O outro segmento narra a história de Kai (Evan Peters – X-Men – 2014-2019), um jovem que observa a vitória de Donald Trump como uma fonte de inspiração para se lançar numa carreira política sustentada no medo e na opressão.

 

A equipa de produção decidiu que o novo capítulo não entregaria elementos sobrenaturais, pois pretenderiam contemplar-nos através uma visão realista, ácida e perturbante sobre o estado político norte-americano. Contudo, podemos esperar imensos momentos de violência extrema e sobretudo de tensão. Tal decisão revela-se ótima, pois fornece um efeito refrescante, ao mesmo tempo que nos lança para uma crítica social extremamente forte sobre política, machismo, feminismo extremista, poder, segurança pública, entre outros temas. A esta fusão adicionam-se vários plot twists, que contribuem para dar força à narrativa – e acreditem, apesar de algumas reviravoltas serem previsíveis, existem inúmeras que colocam o enredo a dar voltas de 180 graus.

 

Apesar de albergar uma premissa que se afasta de tudo aquilo que estamos habituados, ainda existe espaço para velhas e novas caras brilharem num espetáculo de interpretações, e dentro desse espetáculo é Evan Peters quem rouba a atenção na pele de um maníaco com grandes ambições. As suas cenas são macabras e inquietantes, fazendo com que sintamos medo e ódio das suas ações e que, ao mesmo tempo nos fascinemos pelo seu poder.


É um conceito bastante diferente daquilo que foi proposto inicialmente em American Horror Story, pois por vezes parece mais próximo de brilhar como um thriller negro do que como uma série de terror. Deste modo, consigo reconhecer que a nova inclusão nesta antologia poderá não agradar a vários fãs do universo de Ryan Murphy e de Brad Falchuk. Porém, se existe algo que aprendi com as temporadas Hotel e Roanoke foi de nunca criar expectativas sobre cada season e talvez se revele esse no segredo para apreciar Cult.


Pedro Quintão
Outros críticos:
 Pedro Quintão:   9Abrir
 Pedro Quintão:   10Abrir
 Pedro Quintão:   9Abrir
 Pedro Quintão:   5Abrir
 Pedro Quintão:   3Abrir
 Pedro Quintão:   6Abrir
 Pedro Quintão:   10Abrir
 Pedro Quintão:   8Abrir
 Rafaela Teixeira:   9