Inscreve-te e tem vantagens!

Thor: Ragnarok(2017)

Há 2 anos | Ação, Aventura, Comédia, | 2h11min

de Taika Waititi, com Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Cate Blanchett, Idris Elba, Mark Ruffalo e Anthony Hopkins



Thor: Ragnarok é o 17º filme do MCU (Marvel Cinematic Universe) e o 3º filme sobre a personagem Thor.

Não sou grande fã de Thor, se formos analisar todos os filmes da Marvel, os dois filmes centrados neste personagem são apenas medianos.

O que nos conta o terceiro filme de Thor, o famoso Ragnarok?

Após os acontecimentos na Sokovia e o confronto com Ultron (Avengers: Age of Ultron (2015)), Thor (Chris Hemsworth) foi à procura das Pedras da Infinidade para vencer Thanos. Passado dois anos sem encontrar nenhuma informação, ele encontra-se preso na outra extremidade do universo. Asgard está em perigo, Hela (Cate Blanchett) a Deusa da Morte vem realizar a profecia asgardense: o Ragnarok, a destruição do mundo de Asgard e o fim da civilização asgardense. Hela destrói o martelo de Thor tornando-o impotente. Para conseguir fugir do planeta onde se encontra, Thor terá que lutar contra um gladiador de luta titânica que já foi seu aliado no passado e membro dos Avengers: Hulk.

É difícil não terem assistido a toda a campanha marketing que o filme teve. Publicidades, trailers, cartazes (que não passam despercebidos de tanta cor viva)… Possivelmente já assistiram ao filme.

Primeiro que tudo é o filme da ‘trilogia’ Thor que mais gostei dos três (o que é bom), mas curiosamente quando o filme acabou fiz-me uma pergunta: mas o que é que eu acabei de ver? Intrigados? Pois, eu também.



O realizador Taika Waititi tem jeito para fazer comédia, ele sabe quando não cortar a cena para o gag ser mais exagerado e resulta! Sim, Thor: Ragnarok é uma comédia Space Opera heróica, mas também é um filme onde se passam imensas coisas dramáticas e sérias. Aproxima-se do estilo dos Guardians of the Galaxy (2014-2017).

O filme é engraçado, eu ri na maior parte das vezes, temos gags que funcionam e muito, outros que não. Até aí tudo bem, não julgo a comédia. O problema vem no resto, de tanto exagero e leve a ambiência do filme que não me senti emocionado quando realmente o devia.

O filme é uma grande reviravolta no universo da Marvel, talvez seja o mais arriscado. Na minha opinião é um filme em que o tom é uma espécie de transição, ou seja, querem mudar o estilo de sempre, mas ao mesmo tempo têm medo dessa mudança. Senti potencial mas no final é só mais um blockbuster popcorn.

E para responder a estas críticas mirabolantes: Thor: Ragnarok é o melhor Marvel de sempre? A resposta é não. Contudo, é um filme que aconselho, passei um bom momento.


Alexandre Costa
Outros críticos:
 Sara Ló:   7
 Pedro Horta:   8
 Pedro Quintão:   8
 Rafael Félix:   8
 Bernardo Freire:   6
 Rafaela Boita:   9